Blog

Unikids
Compartilhar:

Nível IV AV estudou os seres vivos e não vivos

Na última semana, a turma do Nível IV (P5) AV, da professora Erica Inácio Rocatelli Gonzalez, realizou um estudo sobre os seres vivos e não vivos. Por meio de atividades multidisciplinares, os alunos aprenderam tudo sobre os seres que convivem em nosso planeta. A semana foi cheia de novos conhecimentos e propostas diferentes.

 

O estudo foi conduzido por meio do material do Sistema Ari de Sá (SAS) para a educação infantil. Depois da introdução do conteúdo em sala de aula, as crianças foram à UniFazendinha. No local, observaram todos os elementos e retrataram seres vivos e não vivos em uma pintura.

 

Para completar o trabalho, outra proposta ao ar livre. Os alunos estiveram no Espaço do Brincar e se divertiram com o pega-pega dos seres vivos.

 

A atividade também agregou mais uma aprendizagem aos estudantes, pois a brincadeira funcionava com base em uma cadeia alimentar. Dessa forma, a criança só poderia pegar o amigo que representasse um ser, que estivesse abaixo do seu na ordem de alimentação da natureza.

 

Com atividades divertidas e multidisciplinares, o aprendizado é mais significativo e agrada muito mais os alunos.

 

Confiram as fotos:

Clique na imagem para ampliar Nível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivosNível IV AV estudou os seres vivos e não vivos